terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Jorge Vercillo e sua parceria com a Diva

Cid Moreira se emociona ao ouvir em Angra uma música inédita de Maysa
reportagem Sheila Guimarães e Carol Feichas


O show que animou convidados do lançamento de Maysa - Quando Fala O Coração na Ilha de CARAS serviu para revelar a última etapa da homenagem que Jayme Monjardim (52) reservou para a mãe ainda em 2009. Além de relembrar a vida e os clássicos da cantora na minissérie global, o público irá conhecer letras inéditas dela. "Distribuí 15 textos entre talentos como Ana Carolina e Lenine. É uma releitura da obra da minha mãe pelas novas gerações", explicou o diretor sobre os cantores, que vão musicar e gravar as canções. Em seguida, ele convocou Jorge Vercillo (40) para mostrar em primeira mão Paz Vislumbrada. "Ela mergulhava nas questões mais profundas. Já minha música é marcada por otimismo. Ao contrário da Maysa, tenho o defeito de ver o mundo cor-de-rosa. Foi difícil, quase desisti. No fundo, tenho dificuldade de lidar com um lado que ela fazia tão bem. Então, agradeço ao Jayme por botar na minha mão este poema especial", admitiu, orgulhoso por ter se tornado parceiro de Maysa.

A sonoridade de Vercillo agradou a convidados como o casal Cid Moreira (81) e Fátima Sampaio (44) e a socialite Regina Rique (65), além da atriz Larissa Maciel (31), que vive a cantora na trama global. "Chorei muito. Que música belíssima. Ele achou difícil trabalhar a letra forte, imagina como foi para mim lidar com a gama de emoções da Maysa durante um ano", refletiu Larissa, enquanto apreciava os quadros pintados por Maysa na década de 1970 e que estavam expostos na Ilha. No palco, Vercillo mostrou seus hits Devaneio e Que Nem Maré. Em Final Feliz, dividiu o palco com Tânia Mara (25), mulher de Monjardim. Comovida, ela falou que a música da sogra ajudou a consolidar a relação. "Eu adoro Maysa por sua coragem, voz perfeita e por ter gerado esse homem lindo. Quando comecei a namorar Jayme, cantei para ele Resposta. Não tinha coragem de dizer o quanto o amava e a letra da mãe dele me ajudou", confessou Tânia. O show terminou sob aplausos de Rafael Almeida (19), Jayme Matarazzo (23), Simone Soares (31), Letícia Birkheuer (30) e Cristiane Carniato (30). "Foi um dia inesquecível. Saio da Ilha com o ego inflado", frisou Vercillo. Empolgada, Rosamaria Murtinho (73) pegou o microfone e cantou a música Demais, assegurando que a "audácia" era uma homenagem a Maysa, cujas canções embalaram o romance que vive há mais de 50 anos com Mauro Mendonça (76).


Fonte: Revista Caras

~ Margarida ~

Filosofia de Amor na Tribuna FM


Já está tocando na Rádio Tribuna FM 107,9 a bela canção Filosofia de Amor, composição do amigo Jota Maranhão e música de trabalho do CD Virtude. O compositor divide os vocais com o parceiro Jorge Vercillo. Vamos ajudar na divulgação ligando ou mandando um e-mail para a Tribuna FM pedindo para ouvir a música. O telefone é: 3493-8595 e o e-mail: tribunafm@redetribuna.com

Aproveito a oportunidade para divulgar os dois blogs do Jota. Agora ele entrou para o mundo dos blogueiros. Vale a pena fazer uma visitinha!

http://jotamaranhao.blogspot.com
http://jotamaranhaovirtude.blogspot.com

Beijos perfumados
~ Margarida ~

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Vamos votar no Jorge

Pessoal, há uma enquete na comunidade MPB - Música Brasileira para a escolha do melhor cantor de 2008. Os concorrentes são Jorge Vercillo, Serginho (Roupa Nova) e Seu Jorge. Nosso jardineiro estava ganhando, mas o Serginho o ultrapassou na disputa. Precisamos virar o jogo ao nosso favor. A comunidade do Roupa Nova tem mais de 100.000 membros. Porém já provamos que quando nos unimos somos mais fortes. Os Prêmios TIMs que Jorge ganhou pelo voto popular são a maior prova disso. Conto com a ajuda de vocês. A votação será encerrada no dia 18 de janeiro.

O link é:
http://www.orkut.com.br/Main#CommPollResults.aspx?cmm=36867&pct=1231093746&pid=1767765737

Vamos colocar Jorge no topo.

Beijos perfumados

~ Margarida ~

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Recordando...

Oi, pessoal! Espero que esse novo ano conceda dias suaves para vocês. Inauguro as postagens deste ano com uma entrevista que o nosso jardineiro concedeu ao programa Craque Transamérica (rádio Transamérica Recife 92,7 FM) quando veio fazer o show do dia dos namorados, em 2007. É um pouco antiga, mas foi uma das melhores entrevistas que já ouvi. E olha que durante esse tempo que sou fã de Jorge, já escutei algumas... Foi realizada pelo jornalista esportivo Léo Medrado e produzida pela Seleção do Rádio. Acredito que todos o conhecem ou já ouviram falar dele. Léo é um excelente cronista esportivo. Posso afirmar porque amo futebol e acompanho o trabalho dele há alguns anos. A entrevista foi bem descontraída, com assustos diversificados e que fugiram do comum. Jorge falou sobre carreira, futebol, influências, inspirações e respondeu ao ping-pong feito pelo entrevistador. Jorge não escapou da pergunta sobre a influência de Djavan no seu trabalho, porém se saiu muito bem na resposta, sem constranger o entrevistador e comprometer a boa entrevista.

Há um bom tempo tenho pensado em postar a entrevista, contudo estava procurando uma forma. Dividi por temas e posto como um vídeo porque foi a maneira que encontrei de editá-la. Em alguns momentos há ruídos na gravação e no fim de algumas partes há um corte. Juro que editei direitinho, mas quando postei houve o corte. :[ Contudo não prejudica a compreensão. Vale a pena conferir a entrevista na íntegra. Primeira parte a apresentação. Boa audição para todos!

video

Segunda parte: Jorge fala sobre o início da carreira, da Praia do Leme como fonte de inspiração e das infuências musicais.

video

Jorge relembra das canções mais marcantes da sua carreira e comenta sobre como concilia nos shows os sucessos e os pedidos dos fãs.

video

Agora, o bate-papo é sobre futebol. Por que a seleção brasileira deixou escapar o hexa? Hipóteses são levantadas sobre o fato. A paixão pelo Flamengo e a pelada entre cearenses e italianos que Jorge participou em Fortaleza não são esquecidos. Muito bom ouvi-lo falar sobre assuntos que geralmente não são tópicos de entrevistas feitas com ele.

video

Os temas discutidos nesse momento da entrevista são: pirataria, musas inspiradoras e parcerias. Essa parte é arretada! Principalmente a parte das musas... rsrs

video

Na última parte, Jorge comenta sobre sua participação no Festival da Globo 2000 e responde a um ping-pong: Um jogador? Um time? Se não fosse cantor... Uma música? Um lugar? O palco? Um filme? Uma novela? Um compositor? Por fim, Léo pede para Jorge escolher uma das camisas dos três clubes pernambucanos (Náutico, Santa Cruz e Sport). Adivinhem qual ele escolheu... Não vou dizer se não perde a graça, né?!



video


~ Margarida ~